Arquidiocese de Palmas

ASSEMBLEIA VIRTUAL DO REGIONAL NORTE 3

Com o tema “Por uma recepção harmoniosa, criativa e frutuosa da Querida Amazônia (QA 2), na perspectiva da sinodalidade” e com o lema “Querido Regional Norte 3: escuta o clamor da terra e o clamor dos pobres”, o Regional Norte 3 realizou, com a participação de aproximadamente cento e trinta e duas pessoas, entre elas, bispos, padres, diáconos, seminaristas, religiosas, leigos e leigas, a sua primeira Assembleia Regional, na modalidade virtual, pela plataforma GoogleMeet.

Participaram da Assembleia todos os sete bispos, o Conselho Regional de Pastoral, representantes dos Organismos, Pastorais, Serviços e Comunidades de Vida, em níveis Regionais, dez  representantes de cada Igreja Particular e mais dois assessores.

No primeiro dia de Assembleia, noite de 20/11, coordenada por Dom Wellington Vieira de Queiroz, Dom Pedro Brito, Arcebispo Metropolitano de Palmas e Presidente do Regional, abriu a Assembleia, acolheu os Delegados e pediu que a Assembleia fosse uma verdadeira “Laudato Si”, uma “Querida Amazônia” e um “Fratelli Tutti”. Em seguida, a Assembleia foi aberta com a oração, presidida pela Arquidiocese de Palmas. Dom Pedro apresentou as ações da Presidência, realizada no ano de 2020. Com a assessoria do Irmão João Gutemberg (REPAM), refletimos sobre os três olhares sobre a realidade, a criação divina e também sobre o Regional: o olhar Amoroso, o olhar Cuidadoso e o olhar Esperançoso. Segundo o Irmão Gutemberg esta é uma releitura do método ver, discernir e agir. A sua contemplação foi enriquecida com a participação interativa dos Delegados da Assembleia.

No segundo dia, manhã de 21/11, a oração inicial ficou a cargo da Diocese de Tocantinópolis. A Assembleia foi coordenada por Dom Giovane Pereira de Melo. E contamos com a assessoria do Joaquim Alberto (UBEC). Partindo do olhar Cuidadoso, ele fez uma reflexão seguindo os passos do Sínodo para a Amazônia e sobre os quatro sonhos do Papa Francisco para o cuidado do povo de Deus e das outras criaturas, no Regional Norte 3. Em seguida, foram formados oito Grupos Virtuais, cada um batizado com um nome de etnias, rios e acidentes geográficos, que compõem as belezas do Norte 3, para elaborar propostas a serem vivenciadas pelas pessoas, Comunidades, Paróquias, Dioceses e no Regional, a partir dos quatro sonhos do Papa Francisco: Sonhos Social, Cultural, Ecológico e Eclesial. Estes Grupos elaboraram vinte e duas ações, tendo como texto norteador o resultado dos trabalhos da Assembleia do Caminho Sinodal, realizada nos dias 13 e 14 de outubro passado, também de forma virtual.

No último dia, manhã de 22/11,coordenado por dom Pedro Brito, depois da oração, presidida pela Prelazia de São Félix, foram apresentados os resultados destes Grupos Virtuais e aprovadas as ações para 2021. As ações foram ainda enriquecidas com a colaboração de muitos delegados da Assembleia.

Pelo nosso olhar Amoroso decidimos contemplar e admirar a vida das pessoas e da mãe natureza, no contexto do planeta e das Igrejas do Regional Norte 3: Prelazia de São Félix do Araguaia, Diocese de Santíssima Conceição do Araguaia, Diocese de Tocantinópolis, Arquidiocese de Palmas, Diocese de Miracema do Tocantins, Diocese de Porto Nacional e Diocese de Cristalândia, louvando ao Criador, por cada nova descoberta. Pelo nosso olhar Cuidadoso decidimos nos preocupar mais pelos problemas encontrados na vida das pessoas e do ambiente natural, pedir perdão pelas fragilidades e buscar soluções a favor da vida. E pelo nosso olhar Esperançoso decidimos crer na possibilidade de cuidar da qualidade de vida, em todas as suas dimensões. Por isso, organizamos a esperança com ações pessoais e comunitárias de curto, médio e longo prazos, pensando nas atuais e nas futuras gerações.

Finalizamos prometendo: “Queremos viver estes compromissos em espírito sinodal, conectando os organismos eclesiais entre si, com a REPAM e a CEAMA e com todos(as) que buscam novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral. Caminhamos conectados com o Deus da vida e com Maria, a mãe peregrina em nossa história! Foram dias de intensas beleza e bondade. Todos avaliaram como positiva a experiência. Nada substitui o presencial. Mas podemos fazer coisas boas e bonitas, mesmo se  situação só nos permite reunir na modalidade virtual. Que isto sirva de modelo para outras expressões da nossa amada Igreja”.

Por fim, como nos pediu Dom Pedro, na abertura da Assembleia, realmente vivemos verdadeiros dias de Laudato Si, de Querida Amazônia e de Fratelli Tutti.

A Assembleia foi encerrada com um momento de memória orante, feita pela diocese de Miracema, dos três dias vividos intensamente, na modalidade virtual, como se estivéssemos reunidos, debaixo do mesmo teto.

Aleluia! Assim seja!

 

Palmas, 25 de novembro de 2020,

Maria Istélia Coêlho Fôlha

Articuladora Regional de Pastoral da CNBB Norte3,

Revisão de Dom Pedro Brito Guimarães

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X