Arquidiocese de Palmas

Atentado em Istambul: consternação entre católicos pelo aumento da violência

ROMA, 13 Jan. 16 / 10:50 am (ACI).- Os bispos e a comunidade católica da Turquia manifestaram sua consternação depois do atentado suicida na praça de Sultanahmet, o qual causou até o momento 10 mortes e 15 pessoas ficaram feridas.

O atentado suicida aconteceu ontem em Istambul, na praça de Sultanahmet, um dos pontos mais turísticos da capital turca. Um jovem detonou uma bomba, a qual causou a morte de 10 pessoas, entre elas 9 eram de nacionalidade alemã, e outras 15 ficaram feridas.

 

Segundo as investigações, o jovem suicida poderia ter entrado no país recentemente, proveniente da Síria. Entretanto, outras fontes apontam que o atacante era de origem saudita. “Um estrangeiro membro do Estado Islâmico”, conforme declarou o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan.

Em seguida, Pe. Rubén Tierrablanca, delegado do Vicariato Apostólico de Istambul, declarou à agência italiana SIR: “O que realmente nos preocupa é o aumento da violência. Sabemos que na Turquia, como em geral em todo o Oriente Médio, estes fatos podem provocar reações e violência, aumentando a tensão”.

“Precisamente por isso, queremos estar perto do povo da Turquia, por isso hoje e amanhã dedicaremos uma oração especial pelo povo turco e pela volta da paz”, assegurou o Vigário delegado.

“Este é o momento de nos unirmos mais em solidariedade com todos, sejam crentes ou não”, afirmou o sacerdote.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X