Arquidiocese de Palmas

Brasileiro é detido e levado a centro psiquiátrico por tirar a roupa na Basílica de São Pedro

Vaticano, 06 Jan. 16 / 12:10 pm (ACI).- Os turistas e peregrinos que estava na Basílica de São Pedro, no Vaticano, na tarde de segunda-feira, 4, foram pegos de surpresa por um ato constrangedor. Um brasileiro foi detido após andar nu dentro do templo e gritando que não há solidariedade em Roma. Apresentado um estado de confusão, teve que ser encaminhado a um hospital psiquiátrico pelos agentes da Gendarmeria Vaticana.

Segundo o jornal italiano Corriere Della Sera, o homem foi identificado como um enfermeiro de 44 anos, de São Paulo, que teria chegado a Roma há alguns dias. Ele conseguiu passar normalmente pelos controles de segurança e começou a tirar a roupa dentro da basílica. De acordo com a publicação, o indivíduo parecia desorientado.

 

O brasileiro, usando apenas um par de tênis e carregando uma mochila, protestava dizendo que demorou 17 anos para conseguir a cidadania italiana e que precisou dormir nas ruas.

Ele caminhou pela área central da Basílica, chegando a se aproximar do Altar, até ser contido pela Gendarmeria Vaticana, que o imobilizou e o cobriu com um casaco.

De acordo com a polícia, por apresentar estado de confusão, o brasileiro foi encaminhado para a ala psiquiátrica de um hospital próximo.

Após o ocorrido, segundo a agência ANSA, o vice-diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Padre Ciro Benedettini, chegou a declarar que se acreditava que o homem fosse um sem-teto.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X