Arquidiocese de Palmas

Captação de recursos é foco no Curso de Sustentabilidade

No dia 29 de setembro, na Faculdade Católica do Tocantins, 80 agentes de Pastoral participaram do Curso de Sustentabilidade, promovido pela Arquidiocese de Palmas em parceria com a Promocat. O professor Luiz Rogério Nogueira deu continuidade ao tema da administração paroquial, abordado no curso anterior sobre gestão. Dessa vez, a temática foi a captação de recursos. 

Dom Pedro Brito Guimarães, arcebispo de Palmas, iniciou o curso relatando sua viagem ao Timor Leste, além do panorama financeiro da Igreja no Brasil. “Cerca de 50 dioceses brasileiras não possuem recursos financeiros suficientes. Nós (a Arquidiocese de Palmas) não somos ricos, mas temos como nos manter”, afirmou o prelado. 

Dízimo e Projetos Sociais

O professor Nogueira usou a parte da manhã para falar sobre o dízimo. “Não mais que 30% das despesas paroquiais podem depender das entradas do dízimo, que é uma fonte sazonal”, ensinou o palestrante. Ele seguiu sua exposição apresentando os motivos da não devolução do dízimo, como a falta de transparência, de incentivo e de projetos sociais.

Na parte da tarde, o palestrante apresentou as diversas instituições que podem apoiar os projetos da Igreja, e insistiu que deve-se focar preferencialmente na área social. “Investindo nessa área, temos como consequência o aumento de colaboradores”, finalizou.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X