Arquidiocese de Palmas

Conheça outros casais de esposos que alcançaram a santidade

Roma, 19 Out. 15 / 04:16 pm (ACI).- Os novos Santos Louis Martin e Marie Zélie Guérin, pais de Santa Teresinha de Lisieux, são o primeiro casal de esposos canonizados durante a mesma cerimônia. Entretanto, não são o primeiro casal que alcançou a santidade e aqui citamos alguns exemplos.

O caminho à santidade é possível através da vida conjugal. Os primeiros que deram testemunho são a Santa Virgem Maria e seu esposo São José, assim como os avós de Jesus e pais da Virgem: São Joaquim e Santa Ana.

Desde o início do cristianismo, vários esposos alcançaram a santidade através do martírio, como os cônjuges Áquila (ou Aquilino) e Priscila, colaboradores do apóstolo Paulo, os quais arriscaram suas próprias vidas para protegê-lo, segundo relata o Novo Testamento. Graças ao seu testemunho, sabemos que “toda casa pode transformar-se em uma pequena igreja. Não apenas no sentido de que nela deve reinar o típico amor cristão, feito de renúncia e atenção recíproca, mas no sentido de que toda a vida familiar, em virtude da fé, está chamada a girar em torno do único Senhor: Jesus Cristo”, conforme disse Bento XVI, em 2007. 

 

No século VI, São Gordiano e Santa Silvia, pais de São Gregório Magno, alcançaram a santidade. No século VII, na Bélgica, São Vicente e Santa Valdetrudis foram pais de quatro filhos Santos: São Landerico, Bispo de Paris, São Dentellino, Santa Aldetrudis e Santa Madelberta (abadessas do mosteiro de Maubeuge).

Os pais de Santa Valdetrudis também foram Santos, trata-se de São Walberto e Santa Bertilia. Sua irmã Santa Aldegundis também alcançou a santidade.

No século XII, viverame São Isidro Lavrador junto a sua esposa Santa Maria da Cabeça. Dizem que certo dia, estavam trabalhando no campo e seu filhinho caiu em um poço muito profundo. O casal, ao não poder resgatá-lo, ajoelhou-se e começou a rezar. De repente, as águas começaram a subir e o menino apareceu sem nenhum arranhão.

No Brasil, são venerados os Beatos Manuel Rodrigues Moura e sua esposa, vítimas da perseguição contra a fé católica (em 1645). Junto a eles, estão muitos casais mártires no Japão e na Coreia.

Em 2001, foram beatificados durante a mesma cerimônia os esposos italianos Luigi e Maria Beltrame Quattrochi, eles se casaram em 1905. Tiveram dois filhos, que foram ordenados sacerdotes e duas filhas mulheres. Uma das suas filhas se casou e a outra foi religiosa. Três dos seus filhos assistiram à cerimônia de beatificação.

Etiquetas: Famíliasantos e santas

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X