Arquidiocese de Palmas

Dom Pedro celebra 9 anos de episcopado com mudanças no governo da arquidiocese

Na última quarta, 14, dia da Exaltação da Santa Cruz, o arcebispo de Palmas, Dom Pedro Brito Guimarães, completou 9 anos de ordenação episcopal. "Quando fiquei sabendo que seria bispo, no dia 5 de julho de 2002, estava no seminário, corrigindo provas e me preparando para uma viagem de férias", relata o arcebispo.

A festividade aconteceu na Casa de Maria Rainha da Paz, com uma missa em que estiveram presentes o clero e fieis de todas as partes da arquidiocese. Na ocasião, Dom Pedro deu posse aos novos Vigários Episcopais, párocos e capelães. Ao final da santa missa, a organização do local ofereceu um jantar para os convidados.

Nova Administração

Os novos Vigários Gerais foram apresentados ao povo na missa do dia 14: Frei Vicente para a Região São Pedro (centro de Palmas), padre Camilo para a Região São João (sul de Palmas) e padre Edionilson para a Região São Paulo (munícios do interior). Os vigários auxiliam o arcebispo no governo da arquidiocese.

Também tomaram posse como párocos nove padres que estavam atuando como administradores paroquiais em suas paróquias. Outros padres foram nomeados vigários paroquiais.

Finalmente, foram nomeados como capelães padre Eduardo Zanom (Faculdade Católica), padre Márcio (Comunidade Canção Nova) e padres Tiago e João (Comunidade Sementes do Verbo). Padre Alfredo teve sua provisão como diretor espiritual do Seminário renovada.

Ao longo do mês de setembro, o arcebispo havia empossado sete novos párocos. Com esta missa, Dom Pedro concluiu a primeira fase da reorganização do governo arquidiocesano.

 

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X