Arquidiocese de Palmas

Esta é a "Porta da Caridade" que o Papa abrirá em albergue para pobres em Roma

VATICANO, 16 Dez. 15 / 03:05 pm (ACI).- A “Porta Santa da Caridade” será aberta na próxima sexta-feira, 18, em um albergue para pobres em Roma (Itália). Esta será aberta pelo Papa Francisco no albergue da Cáritas Luigi Di Liegro, situado perto da principal estação de trens e ônibus de Roma, Termini.

Ali, na primeira fila, o Santo Padre será esperado por mais de cem necessitados, hospedados no albergue, e também muitos dos quase 600 que a cada tarde jantam no refeitório.

Logo após a abertura da Porta Santa, Francisco visitará o refeitório, que é dedicado a São João Paulo II.

 

Há alguns dias, o Vigário do Papa para a diocese de Roma, Cardeal Agostino Vallini, apresentou à imprensa a Porta da Caridade, assim como os diferentes espaços do centro da Cáritas que puderam ser reformados graças a vários patrocinadores.

O Cardeal afirmou que o lugar “é um pequeno milagre, uma obra que deve convencer todos de que quando conspiramos para o bem é possível a realização de muitas coisas. A cultura do positivo, com a justa dialética, deve levar-nos ao bem que une. Esta é a missão profética do albergue”.

A Diocese de Roma deseja que este gesto seja realizado por qualquer pessoa. Por isso, dispuseram que seja possível peregrinar até esta Porta Santa, visitar o refeitório social, celebrar a Santa Missa na Capela e inclusive ajudar aos necessitados acolhidos neste local.

“Neste lugar será possível ganhar a indulgência servindo aos pobres. Este é o espírito do Jubileu: uma experiência que deve melhorar, que deve fazer homens e mulheres unidos pela misericórdia, pela força do amor”, disse o Cardeal Vallini.

Por sua parte, Dom Enrico Feroci, diretor da Cáritas Roma, explicou que esta Porta Santa da Caridade será “um sinal de disponibilidade, de solidariedade, de amor, de um lugar onde os pobres são acolhidos e vivem; uma porta que conduz ao encontro de Deus no pobre, porta através da qual cada discípulo de Cristo deve entrar para ‘disfrutar’ da Misericórdia. Um lugar por meio do qual poderão tocar a carne de Cristo presente nos necessitados desta cidade”.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X