Arquidiocese de Palmas

Iraque: Refugiados cristãos inauguram igreja dedicada à Virgem Maria

ROMA, 30 Jun. 16 / 05:00 pm (ACI).- O Patriarca católico caldeu de Bagdá (Iraque), Dom Louis Sako, celebrou no dia 27 de junho a cerimônia de inauguração da nova igreja dedicada à Maria Mãe do Perpétuo Socorro no bairro cristão de Ankawa, em Erbil, onde se encontram refugiados milhares de cristãos que fugiram do Estado Islâmico (ISIS).

Segundo informou a agência vaticana Fides, o novo templo foi financiado com as ofertas dos fiéis a fim de atender a pastoral dos refugiados, muitos dos quais chegaram de Mossul, Qaraqosh e outras cidades da Planície de Nínive atacadas pelos terroristas islâmicos.

 

Durante a cerimônia também estiveram presentes o Núncio Apostólico no Iraque e na Jordânia, Dom Alberto Orega Martin; e Dom Bashar Warda, da Congregação dos Padres Redentoristas, congregação à qual em 1866 Pio IX entregou um ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, o qual está custodiado em Roma, na igreja de Santo Afonso no Esquilino.

Fontes oficiais do Patriarcado caldeu indicaram a Fides que em sua homilia Dom Sako descreveu o nascimento da nova igreja como um sinal do vínculo que une os cristãos iraquianos à terra de seus pais, reiterando que a “imigração rumo aos países distantes não é a solução a ser procurada” para aqueles que realmente querem conservar em sua própria terra o dom recebido da vida cristã.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X