No último sábado, 4, o Diácono José Fernandes recebeu a Ordenação Presbiteral, momento tão aguardado. A celebração foi presidida pelo arcebispo metropolitano de Palmas, Dom Pedro Brito Guimarães, e ocorreu na Paróquia São José, Matriz de Palmas.

José Fernandes percorreu um longo caminho de preparação ao sacerdócio, com cerca de 10 anos de formação, contando propedêutico, filosofia, teologia, tempo pastoral e ministério diaconal. O tema da ordenação escolhido foi “Ninguém tira a minha vida, eu a doou livremente”, como forma de demonstrar a disponibilidade de coração que é fazer a vontade de Deus e na realidade da Arquidiocese de Palmas, conta o Diácono. 

Antecedendo a ordenação, ele participou do retiro canônico de preparação, um tempo propício de escuta e oração para trabalhar seu coração na resposta permanente a Deus e sua Igreja. “Estou feliz, muito feliz por chegar a esse momento e desejo poder contribuir com a arquidiocese onde ela precisar do meu humilde trabalho”, contou o diácono. 

Após todos esses anos de formação José Fernandes relembra quando tomou consciência do chamado para sua vocação: “Eu comecei a tomar consciência da minha vocação ao 16 anos. Nesse tempo tive uma forte experiência de Deus na Santa Missa que deixou meu coração inquieto sobre a vocação sacerdotal. Assim, me coloquei no caminho para conhecer e ver se era isso mesmo”.

 

Biografia

O Diácono José Fernandes, nasceu em Ipiaú – BA, no dia 19 e março de 1988. Filho de Silvanízio Fernandes Santos e Ivonice Dias Santos com 16 anos de idade fez sua Primeira Eucaristia e Crisma na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Jitaúna, Bahia. 

Como jovem cristão, integrou-se em diversas pastorais: jovens, ministros extraordinários da comunhão, catequese, liturgia, Pastoral Vocacional, entre outras. Em 2009 ingressou no Centro Vocacional João Paulo II, em Palmas, onde realizou seu curso propedêutico. Neste período, atuou pastoralmente na Paróquia Santa Cruz, em Luzimangues e Cristo Rei, nas Arnos. 

Em 2010 entrou no Seminário Interdiocesano do Divino Espírito Santo em Palmas, onde fez toda a sua formação filosófica e Teológica. Nesta fase de sua formação se dedicou à pastoral nas paróquias Cristo Rei, Santa Filomena, Pastoral Vocacional, e desde 2017 desenvolve seu trabalho pastoral na paróquia Nossa Senhora Aparecida.