Celebrado no dia de São Lourenço, o Dia do Diácono foi marcado com a renovação das promessas diaconais em missa realizada no Centro Social Papa Francisco, nesta quinta-feira, 10. 

Destacando a liturgia do dia, Dom Pedro Brito Guimarães chamou a atenção dos fiéis, em especial dos diáconos, para a figura do homem feliz, caridoso e prestativo.''A felicidade é um dos distintivos do nosso ministério, se nós não somos felizes como é que vamos ajudar as pessoas a serem felizes?” Em seguida, Dom Pedro abordou a caridade. "Todos nós sabemos que a vocação diaconal é para a caridade, entre outras dimensões”. Ele falou sobre a figura do homem prestativo ou pró-ativo e mencionou a precisão em perceber a necessidade do outro, "tudo na vida depende da sensibilidade”. 

Djalmir Chaves da Silva, diácono há 2 anos e 6 meses, descobriu sua vocação quando viu a necessidade da igreja, sobretudo na área social. "O maior desafio é lidar com a desigualdade social, com as pessoas que a sociedade não aceita”. Ele coordena os 30 diáconos da Arquidiocese de Palmas. "Minha maior alegria é saber que nunca estou só, eu sempre tenho Deus do meu lado e se foi Ele que me chamou, Ele vai também me dar força para continuar na missão e buscar cada vez mais ajudar as pessoas que mais precisam”. 

Ordenado há 6 anos, o diácono Antônio Oliveira dos Santos, coordena a Escola Diaconal São Lourenço que conta hoje com 29 estudantes, candidatos ao diaconato. Conforme o Coordenador, a formação dura 5 anos e a Escola abrange as dioceses de Palmas, Porto Nacional, Miracema Tocantinópolis e a prelazia de Cristalândia. 

Concluindo sua pregação e dissertando sobre a comparação feita por Jesus com o grão de trigo que cai na terra e morre para se tornar uma planta frutífera, que dá a vida, Dom Pedro ressaltou, ''que São Lourenço, nosso padroeiro nos ajude a ser aquilo que queremos ser, aquilo que Deus quer de nós a vocação que Deus nos deu para vivermos isso. Se vivermos isso, nós seremos felizes, caridosos e prestativos”. 

O diácono é um homem que vive o sacramento do matrimônio e que assumindo seu ministério faz suas promessas para uma vida de missão a serviço da palavra de Deus.