Arquidiocese de Palmas

Sem categoria › 15/02/2021

ORIENTAÇÕES PASTORAIS PARA A QUARESMA E A SEMANA SANTA

Dom Pedro Brito Guimarães, Arcebispo de Palmas, ao clero e a todos os interessados,

Tenho Sede!

“Cristo é a nossa paz: do que era dividido, fez uma unidade” (Ef 2,14)

 

Faça-se saber, em todo o território da Arquidiocese de Palmas, as seguintes orientações pastorais para a Quarta-feira de Cinzas, as celebrações, as vias-sacras, os mutirões de confissões, os retiros e as procissões, durante a Quaresma e a Semana Santa:

  1. A situação de saúde, causada pela crise pandêmica do coronavírus continua exigindo de todos uma série de atenções, que também se refletem em âmbito litúrgico, não permitindo ainda aglomerações. Assim sendo, melhor não haver vias-sacras, procissões, retiros e mutirões de confissões, a não ser com pequenos grupos, sem muito deslocamentos, em locais abertos, com os devidos cuidados de higienização (uso obrigatório de máscara e de álcool em gel) e distanciamento social.
  2. De preferência, que se adotem os serviços pastorais híbridos (presencial e virtual), para garantir a participação dos fieis mais vulneráveis e dos grupos de risco.
  3. Sobre a imposição das cinzas, na Quarta-feira, dia 17, observe-se o que já foi determinado recentemente pela Congregação do Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, publicado no dia 12 de janeiro do corrente ano: “Feita a oração de bênção das cinzas e depois de as ter aspergido com água benta, sem dizer nada, o sacerdote, voltado para os presentes, diz, uma só vez, para todos a fórmula que se encontra no Missal Romano: ‘Convertei-vos e acreditai no Evangelho’, ou ‘Lembra-te que és pó da terra e à terra voltarás’. Depois, o sacerdote lava as mãos, coloca a máscara protegendo o nariz e a boca, e impõe as cinzas a todos os presentes que se aproximam dele, ou, se for mais conveniente, aproxima-se ele do lugar daqueles que estão de pé. O sacerdote pega nas cinzas e deixa-as cair sobre a cabeça de cada um, sem dizer nada”.

Em tudo, superemos as durezas dos corações com jejum, oração, caridade, confissão, penitência e conversão.

De resto, desejo a todos um bom percurso Quaresmal, uma abençoada Semana Santa e uma santa Páscoa.

 

Palmas, 15 de fevereiro de 2021

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X