Arquidiocese de Palmas

Papa Francisco fala pela primeira vez sobre pedofilia

O papa Francisco determinou ontem que a Congregação da Doutrina da Fé atue com firmeza em relação aos casos de abuso sexual, adotando medidas de proteção dos menores, de ajuda às vítimas de violência e punição dos culpados.

Depois ter recebido em audiência o prefeito da congregação, o arcebispo Gerhard Ludwig Müller, o papa recomendou ainda que as conferências episcopais assumam o compromisso de formular e aplicar as diretrizes necessárias nesse âmbito “tão importante para o testemunho e credibilidade da Igreja”.

A determinação de Francisco mantém a linha adotada por seu antecessor, Bento XVI. O papa assegurou que as vítimas de abusos estão presentes em suas orações.

Após as declarações de Francisco, a Igreja Católica no Brasil afirmou que segue rigorosamente as normas estabelecidas por Bento XVI e agora reiteradas por Francisco para combate de abusos sexuais cometidos por membros do clero. “Tolerância zero, essa é a orientação do episcopado para os casos de desvio de conduta, que também é crime na prática de pedofilia”, afirmou o arcebispo de Palmas (TO), d. Pedro Brito Guimarães, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para os Ministros Ordenados e a Vida Consagrada, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Ele diz que a CNBB foi uma das primeiras conferencias episcopais do mundo a aprovar normas de combate a abusos sexuais, punição dos culpados e assistência às vítimas. “É uma questão deplorável e seria preferível que não tivéssemos de nos ocupar disso, mas, se o problema existe, temos de enfrentá-lo.”

Tentar a recuperação dos padres culpados e tratá-los com caridade não pode ser confundido com complacência aos criminosos, afirma ele. “Não se pode acobertar um crime que, na maioria das vezes, já é notório e público quando o bispo toma conhecimento dele”, afirmou. “Eu não acredito que algum bispo pense de maneira diferente, porque essa é a orientação da Santa Sé”, conclui o bispo.

Fonte: Estadão.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X