Arquidiocese de Palmas

Pastoral Catequética realiza trabalho da Campanha da Fraternidade

De encontro aos objetivos da Campanha da Fraternidade, que tem como tema este ano “Vida no Planeta e como lema “A natureza geme em dores de parto”, a Paróquia São José, iniciou um trabalho que tem tudo a ver com que propõe a Campanha.

 

“Visando buscar a consciência dos fiéis, principalmente das crianças e dos adolescentes, a Paróquia São José propôs uma campanha para arrecadação de materiais que podem ser reciclados”, comenta Pe. Eduardo Zanom, vigário da Paróquia e idealizador da campanha, enfatizando que iniciar a preservação ambiental com as crianças, traz maiores e melhores resultados, pois elas estão mais atentas para estas questões. Sendo elas o futuro da nossa nação.

 

Para fortalecer a campanha e despertar nos cidadãos o dever de preservar e cuidar melhor da natureza, a campanha visa à participação das crianças. São elas as principais envolvidas. Os pequeninos foram convidados a trazer para a igreja, durante as missas das crianças, que acontecem todos os domingos, das 9h30 às 10h30, garrafas pet, papel e latinhas. O destino desses materiais será uma cooperativa que trabalha com a reciclagem desses materiais. “A idéia é vender a maior parte do que conseguirmos arrecadar para uma cooperativa que trabalha com reciclagem em Palmas. O dinheiro será revertido em projetos da catequese. O restante será destinado à confecção de brinquedos e outras peças, visando despertar em nossos catequistas e catequizandos a importância de retirar da natureza os materiais que são considerados lixo, mostrando o valor que têm e o que podemos produzir com eles”, diz Lígia Monetta Barroso Menezes, coordenadora da pastoral catequética da Paróquia São José.

A exemplo de que tudo pode ser aproveitado e também transformado, a catequista Elziran Assunção Alves Barros, incentiva seus catequizando a produzirem belas peças, partindo de garrafas pet, tampinhas plásticas e barbante. “Todos nós somos responsáveis pela vida no planeta. Tudo depende de nossa consciência e principalmente de nossas atitudes. Queremos que a vida continue e cada um pode fazer sua parte. Inicie a sua hoje, porque amanhã pode ser tarde”, finaliza Elziran.

Outro bom exemplo, também vem das catequistas. Elas estão produzindo cerca de 400 peças (lembrancinhas), que tem como matéria prima, garrafas pet e serão entregue às crianças, no domingo de páscoa. Um belo exemplo para o dia em que a igreja católica celebra a Ressurreição de JESUS.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X